Museu de Antropologia do Vale do Paraíba celebra 40 anos de existência

O Museu de Antropologia (MAV), comemora 40 anos de existência neste ano. O museu, que nos últimos quatro anos ultrapassou a marca de 39 mil visitas, 31 exposições e 30 palestras, segue aberto para visitação na exposição ‘Entre Coleções’, de quarta a sexta-feira, das 10h às 16h.

O MAV é um marco na museologia brasileira, pois tem como vocação contar a história do homem valeparaibano sob um olhar antropológico, e não dos grandes heróis.

Foram muitos os avanços obtidos nos últimos quatro anos quando falamos deste espaço cultural: a Lei 6217/2018, que cria o MAV como museu, a implantação do plano museológico, a regularização do MAV de acordo com o Estatuto Nacional de Museus e o cadastro junto ao SISEM e ao IBRAM. Além de reformas elétricas e descupinização.

Por isso, para celebrar a data, a Fundação Cultural de Jacarehy organizou um evento para convidados na última quarta-feira (9), que contou com a presença do prefeito em exercício, Edgard Sasaki, do presidente da autarquia, Bruno Castro e convidados.

Para o presidente da autarquia, Bruno Castro, este é sem dúvida um momento de celebrar. “O MAV foi, durante muito tempo, um espaço pouco conhecido pelo jacariense. Por isso hoje me orgulho de participar dessa popularização do museu, trazendo escolas e pessoas da nossa cidade para visitar o acervo”, comenta.

Exposições – Em 2020 o Museu de Antropologia do Vale do Paraíba comemora 40 anos desde a sua inauguração em 8 de dezembro de 1980. A constituição deste museu representa uma ruptura na história dos museus no Brasil.

Já em 1980 o MAV apresentou sua primeira exposição chamada Museu de Rua, que levou para várias partes da cidade uma exibição de fotos históricas. E com essa inspiração apresentamos a exposição Entre Coleções que acontece em dois momentos, um dentro do próprio museu, com os objetos, e externamente, ocupando Praça do Rosário, Praça Raul Chaves e Pátio dos Trilhos. Esta exposição mostra ao público as diversas peças que compõem o acervo do MAV e um pouco de suas histórias, oportunizando novos olhares e leituras dessas coleções.

A exposição é gratuita e acontece a partir do dia 10 de dezembro. As visitações acontecerão de quarta a sexta-feira, das 10h às 16h.

Compartilhe com todo mundo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp