Por meio da LIC, coletivo lança Mapa do Viveiro de Jacareí

O projeto Ponto Verde no Mapa reforça potencial ecológico e turístico de umas das principais reservas de área urbana da região

Muita gente nem imagina que a cerca de um quilômetro do Centro de Jacareí, existe uma importante reserva ambiental, que abriga diversas espécies de frutíferas nativas, além de vários tipos de animais e nascentes que ajudam no abastecimento do Rio Paraíba do Sul.

Toda essa riqueza, no coração da cidade, tem um nome: Viveiro Municipal Seu Moura. Localizado na Estrada Teófilo Teodoro Resende, 39, bairro Campo Grande. Além de ser uma reserva ecológica, o Viveiro também é um atrativo turístico e espaço para contemplação.

Com a proposta de divulgar e chamar a atenção para a importância da preservação do Viveiro Municipal Seu Moura, o grupo Invento Coletivo criou um mapa infográfico, cujas ilustrações foram feitas pelo artista plástico Raico Rafael, fundador do Coletivo e idealizador do projeto. Intitulado Ponto Verde no Mapa, o projeto é beneficiado pela LIC (Lei de Incentivo à Cultura) com apoio institucional da Fundação Cultural de Jacarehy e Prefeitura de Jacareí e incentivo da empresa Suzano.

Foram impressos mais de 1500 exemplares em formato A1 (594 x 841), que serão distribuídos, gratuitamente, a partir desta quinta-feira (18), no Centro de Memória (Rua Alfredo Schurig, 300 – Centro), das 9h às 16h e no Viveiro Municipal.

O Mapa também tem sua versão digital. As ilustrações são acompanhadas de legendas com nomes e breves históricos, apresentando links e QR Codes para uma pesquisa mais completa. Além disso, foram criadas na versão on-line uma galeria de arte aberta e uma playlist de sons do Viveiro.

Para a criação do Mapa, o Invento Coletivo utilizou metodologias de trabalhos de mapeamentos participativos e da cartografia social, envolvendo a comunidade no processo de construção do traçado. Dessa forma, todo o processo de pesquisa, planejamento e validação teve como base o cruzamento de informações trazidas pela comunidade e de dados coletados por meio do geoprocessamento.

Foi a partir de pesquisas, entrevistas e enquetes populares, que iniciamos o processo de georreferenciamento de pontos no local, utilizando plataformas como Wikiloc, para a marcação de pontos de interesse, trilhas e perímetros no local”, explica a artista plástica Débora Pimentel, integrante do Invento Coletivo.

Invento Coletivo – O Ponto Verde no Mapa do Viveiro é a continuidade de uma proposta que começou há 10 anos, sobre a iconografia de Jacareí e sua identidade. Em 2011, os artistas do Invento Coletivo mapearam e exploraram os diversos temas que a cidade oferece, produzindo os primeiros cartazes que retratam Jacareí com o projeto Cenas Transeuntes. Em 2015, com o projeto Fogos Rastros e Folias foram distribuídos 1500 mapas ilustrados de Jacareí em formato A0, indicando pontos turísticos, festas religiosas, manifestações culturais e mestres da cultura. Em 2017, o grupo lançou o livro Invento Compilado com cerca de 320 ilustrações sobre manifestações culturais de Jacareí.

Realização – O projeto foi beneficiado pela LIC (Lei de Incentivo à Cultura) de 2019, com apoio da Fundação Cultural de Jacarehy e Prefeitura Municipal. O incentivo foi da Suzano. Segundo o coordenador de Desenvolvimento Social da empresa, Israel Batista Gabriel, é gratificante apoiar uma iniciativa que une arte e preservação ambiental. “A Suzano apoia desde 2005 a realização de projetos da LIC em Jacareí. Neste período, tivemos a satisfação de levar até as comunidades iniciativas inspiradoras que valorizam as tradições culturais da nossa região e incentivam as mais diversas manifestações de arte, conclui.

Compartilhe com todo mundo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp