Festa Árabe – Responsabilidade Social

No último final de semana de maio aconteceu a Festa “Presença Árabe” em Jacareí, com uma gastronomia típica, temperada com muita música e dança. De 25 a 28 de maio, duas famílias árabes foram homenageadas, sendo uma de origem síria e a outra libanesa, e um típico cardápio árabe, como: kibe, coalhada, esfiha, hummus, pastas, abobrinha recheada, kafta , doces e muito mais.  Houve muita dança árabe com a presença do grupo 1001 noites e das dançarinas Alessandra Pagam e Sheila Benavente.

A Festa Árabe não era apenas para homenagear as famílias de origem síria e libanesa. Tinha, também, um objetivo social de apoiar as entidades sociais do município que estão passando por dificuldades financeiras e falta de recursos. Nesta edição estavam presentes barracas da JAM (Jacareí Ampara Menores), ASPAD (Associação de Pais e Amigos do Down), CEPAC (Associação Especial de Pais e Companheiros), Associação Grupo Espírita Casa da Paz, Projeto Bicho Feliz, APA (Associação Protetora dos Animais) e a Comunidade de Ação Social Fanuel. E juntas, elas arrecadaram cerca de R$ 20 mil que ajudou a pagar contas atrasadas, na compra de vários itens para os animais, para as crianças e idosos que são atendidos pelas entidades participantes. Segundo a Ana Maria Bonfim, do CEPAC, a Festa Árabe superior as expectativas da entidade.

Para o Presidente da Fundação Cultural de Jacarehy – “José Maria de Abreu”, Fabricius Tremocoldi Stipp, o apoio do município às entidades é necessário para a continuidade do belo trabalho que fazem. “Homenagear as famílias que fazem parte da história da nossa cidade é sempre importante, além dessa questão, é necessário sempre ajudar o próximo e as entidades do município fazem um belo trabalho com os animais, as crianças, os portadores de necessidades especiais e com os idosos”, conclui Fabricius.

Compartilhe com todo mundo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp