EXPOSIÇÃO AVES DO SUDESTE

A exposição Aves do Sudeste conta com 20 fotos de animais da belíssima fauna dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro. As aves expostas foram fotografadas além do ponto de vista cientifico, mostrando a estética de cada vertebrado.

Formado em Ciências Biológicas e apaixonado por fotografia, Jarbas Porto de Mattos Neto decidiu fotografar os animais que pesquisa. Para ele, uma das coisas mais importantes para o Biólogo é poder registrar o objeto de seu estudo, seja esse qual for. A paixão vai além de apenas registrar estudos, ele quer mostrar através da fotografia o que de melhor a natureza tem a oferecer, de mais belo.

Segundo o fotógrafo da exposição, Jarbas Mattos, o objetivo é levar para as pessoas um pouco do que temos em nossas matas e está desaparecendo. “É importante conscientizar a população da preservação da avifauna e das matas”, afirma Jarbas. “Só se preserva o que se conhece”, completa o fotógrafo.

AVES E CULTURA:

As aves são usadas de forma peculiar na arte da literatura, tendo um papel importante no folclore e na cultura popular. No período pré-histórico, eram usadas como representações artísticas e, ao longo dos anos, foram usadas como diversas formas de arte sacra ou simbólica.  Os filósofos medievais têm lições de moral que usavam as aves como símbolos para transmitir mensagens. Esses belos vertebrados também são temas de poesias, contos e músicas.

Cada povo tem uma percepção diferente sobre as mais variadas espécies de aves. Por exemplo, a coruja é vista como símbolo da sabedoria no Brasil e na Europa, já na África é tida como bruxaria e morte.

EXPOSIÇÃO:

A exposição Aves do Sudeste começa nesta quinta-feira, 22, ficará na Marquise do Parque da Cidade até o dia 22 de outubro. A visitação será das 8h às 21h, todos os dias.

Caroline Lima/FCJ – Arte: PMJ

Compartilhe com todo mundo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp