Feira do Bolinho reúne 24 mil pessoas e bate recorde de vendas

Evento organizado pela Fundação Cultural de Jacarehy envolveu 15 entidades da cidade

A 7ª edição da Feira Regional do Bolinho Caipira superou as expectativas e bateu a marca de 160.616 mil bolinhos vendidos nos dois finais de semana da festa (22 a 24 de junho e 29 de junho a 1 de julho).

Tradicional na culinária da região, o bolinho caipira é o queridinho em diversas cidades do Vale do Paraíba e no evento promovido pela Fundação Cultural de Jacarehy, no Parque da Cidade, estiveram reunidas 15 entidades, com a venda de nove recheios diversos do bolinho caipira, incluindo o tradicional da cidade, feito com linguiça e farinha branca, considerado Patrimônio Cultural de Jacareí.

Para Ana Maria, Gestora Administrativa da CEPAC (Associação Especial de Pais e Companheiros), a edição de 2017 foi especial: “Participamos todos os anos, mas em 2018 com a mudança de local, tudo contribuiu para a melhora do evento”, destaca.

De acordo com a representante da associação, nos dois finais de semana foram vendidos, 14 mil bolinhos em sua barraca, com um lucro entre bebidas e bolinhos de cerca de R$ 14.000,00. A CEPAC está em Jacareí há 31 anos, atendendo no município a 240 crianças, sendo 80 autistas.

Para Carla Vaitsman, do Projeto Bicho Feliz, o evento foi excelente: “Participamos desde 2016. Toda a organização é maravilhosa e para nós, é gratificante participar da feira que apoia e ajuda a tantas iniciativas que melhoram a vida e o bem-estar das pessoas”, enfatiza.

De acordo com a representante do projeto, nos dois finais de semana foram vendidos, 8.458 bolinhos em sua barraca.

Entre os dois finais de semana, passaram pelo evento 24 mil pessoas. No total, as 15 entidades venderam 160.616 mil bolinhos e para produzi-los, foram utilizados 2.486 mil kg de farinha de trigo e 1.049 mil litros de óleo.

Patrimônio imaterial

O Bolinho Caipira é um patrimônio imaterial e histórico do município desde 2010, de acordo com a Lei nº 5497/2010. A Fundação Cultural de Jacarehy tem como objetivo salvaguardar o patrimônio imaterial de nossa cidade.

Abaixo você confere todas as entidades participantes da 7º edição da Feira do Bolinho:

JAM (Jacareí Ampara Menores), ASPAD (Associação de Pais e Amigos do Down), CEPAC (Associação Especial de Pais e Companheiros), APAJAC (Associação de Pais dos Autistas de Jacareí e outras Patologias), APA (Associação Protetora dos Animais), Mosteiro Ain Karin, Associação Casa Mãe, Associação Casa da Paz, Lar Frederico Ozanam, Comunidade Fanuel, Rotary Club Avarehy Jacareí, Cantinho da Providência, Amor e Caridade, Hospital São Francisco de Assis e Projeto Bicho Feliz. 

(Assessoria de Comunicação/FCJ – Foto: Luís Cepinho/FCJ)

Compartilhe com todo mundo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp