EducaMais Jacareí recebe Orquestra Cantilena e Maria Fernanda Krug na noite de sábado

A Orquestra de Câmara Cantilena Ensemble vai se apresentar na Sala Ariano Suassuna sábado (14), às 20h Crédito: Divulgação/PMJ
A Orquestra de Câmara Cantilena Ensemble vai se apresentar na Sala Ariano Suassuna sábado (14), às 20h
Crédito: Divulgação/PMJ

Um sonoro passeio pela história da música desde 1900 até os dias atuais. A iniciativa faz parte do projeto Brasil – 100 Anos de História e Música, atração neste sábado (14), às 20h,  na Sala Ariano Suassuana do EducaMais Jacareí.

Os ingressos gratuitos devem ser retirados com uma hora de antecedência no local – Av. Davi Monteiro Lino, 595.
Para contar a história da música, foram convidados a cantora Maria Fernanda Krug, destaque do Festival de Inverno de Campos do Jordão de 1999, a Orquestra de Câmara Cantilena Ensemble. No repertório composições que vão de Pixinguinha, Tom Jobim até Egberto Gismonti.

Entre uma música e outra, um telão vai exibindo imagens sobre fatos que marcaram o século 20, traçando um paralelo com a produção musical do mesmo período. O comentário fica a cargo do jornalista especializado em música erudita Irineu Franco Perpetuo, que é correspondente da revista Ópera Actual (Barcelona) e jurado do concurso Prelúdio da TV Cultura. O projeto Brasil – 100 Anos de História e Música é beneficiado pela Lei Rouanet, com apoio das Lojas Pernambucanas.

Cantilena – A orquestra de câmara Cantilena Ensemble é formada por 12 músicos com ampla experiência no cenário da música erudita do país. O grupo paulistano foi fundado, em 2006, pela violinista Maria Fernanda Krug e pelo violista Renato Bandel. O repertório do grupo abrange peças de compositores do período barroco ao contemporâneo, com especial atenção aos autores brasileiros. Maria Fernanda Krug foi solista de orquestras brasileiras e internacionais. É integrante, desde 2003, da OSM (Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal de São Paulo), sendo concertina da orquestra desde 2005. Renato Bandel frequentou a Universidade de Artes de Berlim. Atualmente, lidera o naipe de violas da OSM e da Orquestra de Câmara Villa-Lobos.

Maria Fernanda Krug – A premiada cantora iniciou seus estudos de violino aos 7 anos com sua mãe na Escola de Música de Piracicaba. Posteriormente estudou com Elisa Fukuda em São Paulo e entre 1998 e 2000 foi orientada pela violinista búlgara, Evgenia-Maria Popova. Recebeu o 1o prêmio no Concurso “Jovens Instrumentistas do Brasil” em 1993 e 1995 e neste último, recebeu também o Prêmio de Melhor Intérprete de Música brasileira. Além do Brasil, já se apresentou na Alemanha, Eslovênia e Rússia.

(Rosana Antunes/PMJ)

Compartilhe com todo mundo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp