“O peso de si mesmo” move escolhas e consequências humanas

Espetáculo será realizado no EducaMais Jacareí. Foto: Divulgação
Espetáculo será realizado no EducaMais Jacareí. Foto: Divulgação

O espetáculo de dança contemporânea “O peso de si mesmo”, da coreógrafa Luana Espíndola do IOA (Instituto de Orientação Artística) Cia de Dança chega aos palcos do EducaMais Jacareí (Av. Davi Monteiro, 3595) nesta sexta-feira (15). A apresentação começa às 20h, na Sala Ariano Suassuna. Os ingressos individuais custam entre R$ 38 (inteira) e R$ 19 (meia entrada). Para grupos acima de 20 pessoas, o valor é de R$ 28 (inteira) e R$ 14 (meia entrada).

“O peso de si mesmo” é inspirado em uma escultura “The Weight of One Self”, de Michael Elmgreen & Ingar Dragset, situada em Lyon, na França. A coreógrafa explica que o espetáculo fala sobre a necessidade do ser humano se aceitar de verdade. “Além da coragem de se carregar as escolhas, as atitudes e as consequências dos atos praticados. Quando aprendemos a carregar nosso peso de maneira leve, estamos livres!”, completa Luana, que também é diretora artística da companhia.

Workshop – Além do espetáculo, a IOA Cia de Dança realiza no EducaMais Jacareí um workshop, das 17h às 18h30. A compra do ingresso para o espetáculo garante a participação na aula. O grupo também irá apresentar exercícios com base em técnicas específicas, como Floor Working, e explorar o estilo e a identidade da IOA Cia de Dança como inspiração de estudo. A iniciativa visa aplicar o pensamento artístico em corpos que possuem instrução em técnicas de dança, servindo como processo de configuração e criação de coreografias. Mais informações pelo e-mail contato@ioadanca.com.br ou pelo telefone (11) 9.6091-3873.

Luana Espíndola – É bailarina, professora e coreógrafa. Está à frente do Instituto de Orientação Artística – IOA Dança, desde 2009. Já atuou no Kadwah Grupo de Dança, sob a direção de Edy Wilson e integrou a Raça Cia de Dança de São Paulo, sob a direção de Roseli Rodrigues, com a qual se apresentou em turnês pelo Brasil todo, com trabal

hos consagrados, como: “Novos Ventos”, “Tango Sob Dois Olhares”, “Caminho da Seda” e “Cartas Brasileiras”. O currículo artístico inclui ainda o Grupo Divinadança, sob direção de Andrea Pivatto, com a obra “Porto In-seguro”, diversos trabalhos do coreógrafo Ricardo Scheir, destacando o premiado duo “Segundo Toque”.

Como coreógrafa e bailarina, Luana Espíndola conquistou premiações nos mais importantes festivais do Brasil e exterior. Participou de cursos em Nova York e ministrou cursos na Alemanha e Bélgica. Em 2012, foi eleita a Melhor Bailarina do 30º Festival de Dança de Joinville. Em 2014, recebeu o prêmio de Coreógrafa Revelação do 32º Festival de Dança de Joinville. Também participou da Bienal de Lyon, na França.

O Instituto de Orientação Artística está na estrada há 60 anos. Foto: Divulgação
O Instituto de Orientação Artística está na estrada há 60 anos. Foto: Divulgação

A Companhia – O IOA (Instituto de Orientação Artística) foi fundado em 1956, pela bailarina Glória Rocha, figura ilustre e de fundamental importância para o desenvolvimento cultural da cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo.

Há 60 anos formando profissionais da dança, o Instituto de Orientação Artística (IOA) é uma das mais tradicionais escolas de dança do Estado de São Paulo, sendo considerada como patrimônio histórico e cultural em seu município de origem.

Hoje o IOA segue com mais de duzentos alunos, de diferentes faixas etárias e classes sociais, que representam o Estado de São Paulo e o Brasil em festivais nacionais e internacionais.

(Secretaria de Comunicação Social/PMJ)

Compartilhe com todo mundo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp