Projeto Travessia – Fotografia no Cemitério

Dia 19 de agosto é dia da fotografia e os produtores Carol Lacerda e Miguel Ramos apresentam o Projeto Travessia, da LIC 2016. O projeto fotográfico, apoiado pela Fibria, ressalta a importância histórica social de uma necrópole no processo de desenvolvimento de um município, propondo a construção de narrativas fotográficas de reflexos e ruídos do Cemitério Campo da Saudade, construído em 1871. Este trabalho esta exposto no Educamais Jacareí e ficará aberto ao público até o dia 31 de agosto.

Ainda na semana da fotografia, os produtores do projeto irão ministrar uma palestra sobre “Fotografia como Narrativa Social”, no dia 12 de agosto, no Educamais Jacareí, às 19h. Para Miguel Ramos, a fotografia é uma linguagem narrativa, discursiva e passável de debates. De acordo com a produção, “o objetivo do projeto é discutir a cidade através da ótica da memória do cemitério”. E no dia 13, é a vez do palestrante Jonas Pimentel falar sobre Curadoria de Exposições, às 19h, no Educamais Jacareí.

A fotografia é uma arte que permite registrar e reproduzir imagens que se tiram de uma câmara escura. Além de ser usada em processos científicos, a fotografia é uma arte. Quando fotógrafos artísticos registram momentos ou imagens, as mesmas são exibidas em exposições ou museus.

LIC: A LIC – Lei de Incentivo à Cultura do município de Jacareí foi criada em 1995, tem o objetivo de incentivar os pequenos e médios produtores culturais por meio de abatimento em imposto das empresas privadas (ISS ou IPTU). Os projetos aprovados, tem o prazo de um ano para executar.

Compartilhe com todo mundo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp