MAV apresenta seu Plano Museológico

A Fundação Cultural de Jacarehy torna público através do Boletim Oficial no dia 27 de maio de 2020 'O Plano Museológico do MAV'. Um importante instrumento que define os programas e diretrizes do museu para os próximos dois anos. 

Esse plano foi elaborado por museóloga cadastrada no COREM, apresentado e aprovado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural (CODEPAC) de Jacareí. O Plano também passou por consulta pública no período de 15 a 22 de maio. 

Plano Museológico é uma ferramenta de gestão estratégica para museus. Trata-se de um documento que define conceitualmente a missão, a visão, os valores e os objetivos da instituição, e alinha, por meio de um planejamento estruturado e coerente, seus programas, seus projetos e suas ações.  

O Plano Museológico deve ser elaborado com a finalidade de orientar a gestão do museu e estimular a articulação entre os seus diversos setores de funcionamento, tanto no aprimoramento das instituições museológicas já existentes quanto na criação de novos museus. 

A elaboração do Plano Museológico é orientado por profissional museólogo, a partir do diagnóstico  da instituição os programas são pensados de forma participativa. Após a vigência do plano é feito uma avaliação e novo diagnóstico e novos programas são proposto.

A obrigatoriedade do museu ter um Plano museológico está na lei 11904/09, e o MAV apresenta seu plano museológico a comunidade jacareiense. 

Retrospectiva: O MAV Desde sua reabertura em 2017, realizou mais de 20 exposições temáticas de seu acervo, teve seu primeiro catálogo lançado em 2018 e em 2019 recebeu mais de 15 mil visitas. Além de promover cursos, palestras, encontros e ações juntos às escolas sobre temas relacionados às suas coleções. 

Acesse Plano Museológico do Museu de Antropologia do Vale do Paraíba

(Assessoria/FCJ Foto/Arquivo FCJ)

Compartilhe com todo mundo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp