Fundação Cultural inicia as gravações com premiados do edital

A Fundação Cultural iniciou, na última quarta-feira (17), as gravações com os artistas premiados pelo edital “Cas@ – Conexão, Artes e Saberes”, na Sala Ariano Suassuna.
A iniciativa, pioneira na cidade, foi a primeira do Fundo Municipal de Cultura que também contemplou um edital de cadastramento de profissionais responsáveis pelo registro audiovisual das obras.
Para o registro, também foi feito um edital para credenciar empresas responsáveis por este processo.
Na quarta-feira, foi a vez da banda de blues comandada por Danilo Simi gravar cinco músicas. Já na quinta-feira, Fabinho da Viola apresentou canções sertanejas para o registro audiovisual.
Os contemplados foram escolhidos a partir da apresentação de uma documentação e do projeto, em um trâmite que contou com pouca burocracia e uma ampla gama de possibilidades para a gravação.
Bruno Castro, presidente da Fundação Cultural, comentou: “este edital foi uma experiência diferente para todos nós e marca uma forma diferente de pensar em cultura. Estes registros ficarão para a história da cidade e nos alegra poder auxiliar os artistas neste processo”, pontuou.
Para Danilo Simi, representando a banda The Simi Brothers, foi um marco pela agilidade.  “Achamos uma iniciativa importantíssima e mais do que isso, a sensibilidade da criação deste edital percebendo que era necessário neste momento. A gente ficou muito satisfeito com a maneira que o processo ocorreu, de forma ágil e profissional, com pouca burocracia e reduzindo o tempo total do processo. A Fundação Cultural foi rápida e necessária, principalmente agora em que estamos há tanto tempo sem fazer shows devido a pandemia”, explicou.
Outro contemplado, o músico Fabinho da Viola também comentou da experiência.”Este projeto é um sonho, isso sem falar na alegria de poder gravar algumas músicas de minha autoria também. Um projeto acústico e intimista que me deixa muito feliz”, comentou. 
Quanto ao dia de gravação, ele ainda acrescenta que “foi um frio na barriga por ser tão intimista. Foi inesquecível”.
Nesta sexta-feira foi a vez do mágico Lucca Viery subir ao palco e registrar sua apresentação mágica. 
Vale lembrar que, nessas gravações, todos os procedimentos de higiene e sanitarização estão sendo feitos devido a pandemia do COVID.
 

(Assessoria/FCJ Foto Edmon Garcia)

Compartilhe com todo mundo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp